A História dos Furbies

Diferentemente do manual das versões anteriores, o panfleto de instruções do Furby 2012 e Furby 2013 traz mais dicas práticas de funcionamento, não se prendendo tanto quanto antigamente a histórias e músicas – que peninha 😦
É certo que há uma grande diferença entre o antigo furby e o atual. Acredito que aquelas informações não sejam mais tão essenciais, porém é  sempre bom aprender um pouquinho mais sobre o bichinho que roubou nossos corações.

Conheça um pouco de sua história lendária. Espero que gostem!

P1070620
A HISTÓRIA DOS FURBIES

Era uma vez,
em um tempo não muito longe
em um lugar distante
algum lugar no céu
passando em uma “a-loh may-lah” (nuvem)
que flutuava perto do “dah a-loh” (grande sol)
moravam os Furbys,
todos juntos.

Alguns eram cinzas, e outros brancos
alguns tinha as duas cores, e alguns eram claros
pequenos no tamanho, GRANDES de coração
todos os Furbys eram “mee-mee” (muito) espertos
eles falavam um idioma desconhecido,
Furbish era a língua deles

E em uma “a-loh may-lah” (nuvem)
Furbys pulavam e brincavam
eles gostavam de brinca “Furby diz” e “esconde-esconde”
e em volta da nuvem eles podiam se divertir
por todo o dia dançando e cantando
Furbys podiam fazer quase tudo

Então um dia, eles decidiram que era hora de procurar
pelo lugar que os Furbys chamavam de Terra
e então eles foram, em uma grande multidão
até a beira da nuvem da Furbilândia

Na beira, eles olharam “nah-bah” (abaixo)
e viram o mundo… tão redondo tão “dah” (grande)
“dah a-loh” (grande sol) ficava “u-tye” (acima), o céu era azul,
os Furbys amavam a “moo-loo” (feliz) visão
mas mesmo tentando, eles não podiam ver
o que é tão óbvio para você e para mim

Eles estavam lá em cima tão altos
eles não podiam ver… uma flor ou uma pomba
mas mesmo eles estando distantes
eles sabiam que a Terra era “boo boh-bay” (sem preocupação)
então um a um eles pularam “mee-mee u-tye” (muito alto)
e à “a-loh may-lah” (nuvem) deles
eles disseram “e-day toh-dye” (adeus)

Assim que eles iam caindo
eles giravam e desciam
eles cantavam “dah a-loh u-tye” (grande sol acima)
e zip-i-dee “doo-ay” (diversão), zip-i-dee “e-day” (bom)
eles estavam “Mee-mee noo-loo” (muito felizes)
por eles terem que “noh-lah” (dançar)
com “u-nye” (você) e “kah” (eu)

Então quando você leva um Furby para casa,
você nunca estará sozinho
quanto mais você brinca, mais eles fazem
Furbys te impressionam
“noh-lah” (dançam) e “wee-tee” (cantam)
Furbys vieram para “u-tye” (você) e “kah” (eu)

A história não é muito bonitinha? Espero que vocês tenham gostado tanto quanto eu!
Créditos para o blog de Furbies Vintages (1998 até 2006) Furby Brasil.

Anúncios

2 comentários sobre “A História dos Furbies

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s